Calendário Acadêmico 2017

Professoras moçambicanas participam de programa de capacitação em Rio Pomba

Os conhecimentos disseminados no Campus Rio Pomba vão ser levados para Moçambique. Na tarde desta segunda-feira, dia 16 de outubro, professores do país africano chegaram à unidade para participar de curso de capacitação técnica na área de ciências agrárias. As aulas fazem parte do programa de parceria entre governo moçambicano e o Ministério da Educação do Brasil. “Nosso objetivo é adquirir conhecimento prático para levar a nosso país. Com as informações que tivemos sobre o Campus Rio Pomba, acredito que ele será alcançado”, declarou uma das participantes do projeto, Rainha Magalhães.

Ela e outras três professoras moçambicanas, Danilsa Manhoca, Amárcia Sengredo e Cacilda Samuel, passarão 15 dias na unidade, tendo aulas nos departamentos acadêmicos de Agricultura e Ambiente, Ciência e Tecnologia de Alimentos e Zootecnia. A Assessoria de Relações Internacionais junto à direção-geral do Campus organizou uma programação especial para as visitantes. Elas participarão de aulas práticas que possam auxiliar no desenvolvimento econômico e social da população de Moçambique. Amárcia ressaltou a importância de terem acesso a técnicas mais simples de produção. “Não queremos aprender o uso de tecnologia avançadas. Nossas máquinas ainda são mais simples. Queremos começar do pequeno para chegar aos maiores”.

O grupo foi recepcionado por membros da equipe diretiva da unidade em uma solenidade no Salão Nobre no início da tarde do dia 16. O diretor-geral substituto, João Paulo Campolina Lamas, apresentou um pouco da história do Campus e como a experiência dos professores poderá ser lucrativa para as professoras. Já o coordenador de Relações Internacionais do Campus, Roselir Ribeiro da Silva, ressaltou que não serão apenas as moçambicanas que vão aprender algo novo. “Este será um momento de aprendizado tanto de vocês quanto nosso. Haverá trocas de saberes”. O assessor de Relações Internacionais do IF Sudeste MG, Daniel Augusto de Oliveira, reforçou a fala de Roselir, mostrando a importância do intercâmbio cultural. “Isto faz parte do programa de parcerias dos países que compõem o Hemisfério Sul e do incentivo entre as nações de língua portuguesa. É uma abertura de portas para as áreas de pesquisa e extensão a partir da ampliação do conhecimento cultural e científico”.

- Veja mais fotos da recepção

Assessoria de Comunicação
Campus Rio Pomba
Foto: Franz Mosqueira
16/10/2017